Top ten: os carros de corrida mais estranhos

Para conseguir vencer uma temporada, os projetistas já bolaram cada carro

Santos Dumont das pistas

(Divulgação/Divulgação)

Na temporada da Fórmula 2 de 1968, a Brabham buscou várias soluções para aumentar a aderência do BT23C nas curvas Download Princess Evangelist. Como a adição deste aerofólio, que lembrava as asas do 14-Bis, logo ignorado por deixar o carro pesado demais.

Teto próprio

A Lotus ficou famosa pelo pioneirismo nos testes de aerodinâmica na F-1, como este 49B de 1969, de duas asas, cada uma fixada numa suspensão Download Sketchbook Pro. Um ano antes, já usara uma enorme asa elevada no eixo traseiro.

Prêmio de bandeja

O spoiler dianteiro do March 711 originou o apelido Bandeja de Chá, mas a esquisitice tinha explicação: dissipar o ar para cima, rompendo a barreira de ar book txt. Foi o que ajudou Ronnie Peterson a ser vice da F-1 em 1971.

Chá das cinco

O que está no alto deste Ligier JS5 não é um grande santantônio, e sim uma entrada de ar que resfriava o V12 3.0 Download the Internet Explorer link. Projetado em 1976, o estranho sistema de refrigeração acabou lhe rendendo a nome de Bule de Chá.

Visão centrista

O Eifelland Type 21 só competiu em 1972, pois a entrada de ar do motor e o retrovisor no centro não se mostraram práticos Download Sherlock Season 1. Para piorar, com tanta lataria, ele superaquecia demais e precisou passar por mudanças.

Alvo fácil

Criado para a temporada de 2001, o Arrows A22 correu apenas nos treinos do GP de Mônaco 영화 강남 1970. A bizarra asa dianteira ajudava o bico a grudar no chão, mas prejudicava a visibilidade e acabou sendo vetada pela FIA.

Centopeia veloz

O Tyrrell P34 (1976-77) foi o único F-1 com seis rodas sci 논문 다운로드. A ideia de reduzir a área frontal com pneus menores e melhorar a aerodinâmica deu resultado, mas revelou ser complexo e de difícil manutenção.

Fica frio visual studio 2012 express!

O Ensign N179 só correu uma vez na F-1 Autodesk cad. Com três radiadores para resfriar o V8 Ford-Corworth de 3 litros, sua dianteira lembrava uma escada, e ele logo deu lugar a um modelo mais eficiente – e de design bem tradicional Download the neighbors.

Pá de Cal

A Ferrari 312 B3 foi criada no fim de 1972, mas nunca passou dos testes. Seu design estranho fez com que a imprensa italiana a apelidasse de Spazzaneve (Pá de Neve), o que por fim acabou derrubando o projetista.

Falta de visão

O BMW F1.06, de 2006, trazia duas hastes na dianteira e traseira, para melhorar o fluxo de ar. Usadas só no GP da França, foram banidas pela FIA, que alegava que poderiam atrapalhar a visão dos demais pilotos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.