Tipos de Conserto de Pneu

Pneu furado é sempre uma dor de cabeça

Sim, aquele tempo perdido que você não espera, e por mais que você até consiga trocar o pneu pelo estepe ou pedir para alguém trocar, mas e aí, e depois na hora de consertar o pneu, você sabe qual o melhor reparo para o seu problema?

Existem diferentes tipos de conserto de pneu

Reparo Macarrão: É sem duvida o mais comum e mais usado por todas as borracharias do país. Rápido e prático é feito por fora do pneu, sem precisar tira-lo da roda, usando um “macarrão” de fibra que permite a vedação de furos mais simples como pregos e parafusos.

Classificado como reparo provisório, este tipo de reparo é indicado para pneus “meia vida”, que já estão com a vida útil menor, e para carros que estão em viagens e que precisam estar de volta na estrada o quanto antes, além disso é um reparo razoavelmente barato.

 

Reparo a frio: Há 2 tipos de reparos a frio, os que usam manchões adesivos (patch), e os que usam manchões plugs, conhecido popularmente como “reparo cogumelo”.

Feitos de dentro pra fora tirando o pneu da roda, esses reparos são muito parecidos entre si, os de adesivos geralmente são usados em furos pequenos ou perto do limite da banda de rodagem. Já os plugs, são sem dúvida os mais top que existem, sendo inclusive, recomendado pelos próprios fabricantes de pneus. Com um formato de cogumelo, possui a cabeça dos adesivos e o corpo do “macarrão”, além de adesivas por dentro, ele preenche todo o caminho do furo, vedando completamente o pneu.

Vale ressaltar que esses dois tipos de reparos são feitos profissionalmente por etapas, na qual o pneu é inspecionado, raspado e limpado no local do furo, sendo devidamente aplicado colas especiais e selantes, tornando-os um pouco mais caro e trabalhoso, porém são classificados como reparos definitivos e de alta segurança, durando até o final da vida útil do pneu.

 

Vulcanização: Muito usada para remoldar e recauchutar pneus de caminhão, a vulcanização foi trazida para a linha de reparo para suprir uma necessidade de economia na troca de pneus.

Os pneus no Brasil tem um preço devidamente alto, por isso, hoje muitos borracheiros autônomos e borracharias aderiram essa prática para consertar pneus, o problema é que estão usando em todos os tipos de carros, principalmente na linha passeio. Se você considerar que nos Estados Unidos um reparo custa em média $30 dólares, e um pneu novo pode ser encontrado a $40 dólares, eu nem preciso perguntar o que os americanos preferem né, já no Brasil o reparo é apenas uma fração do valor de um novo.

Pois bem, vulcanização trata-se do uso de calor para derreter e fundir a borracha, devido a um rasgo ou bolha na parte lateral do pneu, feito com uma máquina especial onde o pneu fica horas e horas até que possa ser retirado, checado e recolocado de volta em seu carro. Um reparo classificado como provisório, e de segurança não comprovada, no português brasileiro, uma gambiarra. Se você tiver que optar por esse reparo, por favor, que seja por pouco tempo, sua vida vale mais que um pneu estourado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.